Polícia de Nova Iorque cria unidade para investigar nas redes sociais

Anunciantes não serão os únicos a ver a sua actividade com interesse no Facebook. Agora, a polícia de Nova Iorque estará verificando, também.

A NYPD anunciou na quarta-feira que formou uma nova unidade para rastrear pessoas que discutem os seus crimes no Facebook, Twitter e MySpace. A unidade “mina de mídia social, está procurando informações sobre festas problemáticas, exibições de gangues e badernas em potencial”, segundo New York Daily News.

Outras agências da lei usaram Facebook e Twitter para manter as pessoas informadas da actividade criminosa. Tais programas incluem informações digiais de “Procurados” , blogs policiais e o uso de informativos online. O Departamento de Polícia de Boston tem usado o Twitter para monitorar conversas ao redor da cidade desde 2009, e o FBI trabalhou no Facebook, YouTube e Twitter para prender o fugitivo James “Whitey” Bulgur em junho.

Se a moda pega aqui no Brasil…

Artigos Relacionados:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *